Os Diabo na Cruz devolveram à Natureza 1 mocho-galego em Vila Ruiva, Fornos de Algodres


No dia 20 de Agosto de 2016 os Diabo na Cruz devolveram à Natureza um mocho-galego (Athene noctua) em Vila Ruiva, antes do seu concerto das Festas em Honra de Nossa Senhora da Graça em Fornos de Algodres.



Esta ave de rapina nocturna tinha sido encontrada quando ainda era jovem, presa dentro de um caixote do lixo, e foi encaminhada para o CERVAS pelo SEPNA/GNR de Gouveia.



No momento do ingresso no centro verificou-se que o pequeno mocho-galego estava muito sujo, magro e desidratado, e por isso o processo de recuperação consistiu em limpeza da plumagem, hidratação, alimentação, treino de voo e caça de presas vivas, em permanente contacto com outros aves da mesma espécie, de diferentes idades, para socialização.



A devolução à Natureza decorreu nas instalações do INATEL em Vila Ruiva, junto a àreas agrícolas e olivais, e contou com a presença dos elementos da banda Diabo na Cruz e respectivas famílias e equipa, representantes da junta de freguesia e município locais, amigos e colaboradores do CERVAS e hóspedes do INATEL.




O CERVAS agradece aos Diabo na Cruz por terem aceite o convite com um grande interesse e disponibilidade e pelo contributo para a divulgação da importância da fauna selvagem portuguesa, e ao Município de Fornos de Algodres, Junta de Freguesia de Vila Ruiva e INATEL pela colaboração na dinamização da acção.


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Espécie do mês de Maio: Cobra-rateira

A empresa Alvespets apoia o CERVAS na recuperação de aves selvagens insectívoras

Espécie do mês de Junho: Víbora-cornuda

Espécie do mês de Setembro: Cágado-mediterrânico

Espécie do mês de Junho: Ouriço-cacheiro

Espécie do mês de Dezembro: Fuinha

O CERVAS recebeu a visita de estudantes de Medicina Veterinária da Escola Universitária Vasco da Gama

24ª edição do Workshop Prático de Recuperação de Animais Silvestres decorreu na Escola Superior Agrária de Coimbra

Espécie do mês de Setembro: Estorninho-preto