sábado, 12 de agosto de 2017

Best Youth e Isaura devolveram à Natureza 2 corujas-das-torres em Gouveia


No dia 10 de Agosto de 2017 foram devolvidas à Natureza duas corujas-das-torres (Tyto alba) em Gouveia.



Esta acção decorreu durante o primeiro dia das Festas do Senhor do Calvário em Gouveia e contou com a participação dos músicos Best Youth e Isaura, que actuaram nesse dia.



A primeira coruja-das-torres, libertada pela Isaura, tinha ingressado debilitada, e com descoordenação motora após algum trauma de origem desconhecida.




A segunda ave, libertada pelos Best Youth, tinha sido vítima de atropelamento e apresentava uma fractura numa das asas no momento do ingresso no centro.



Em ambos os casos as aves foram entregues ao CERVAS pelo SEPNA/GNR e os processos de recuperação consistiram em tratamento das lesões e posteriormente treino de voo, caça e socialização com outras corujas-das-torres de diferentes idades.



O CERVAS agradece à Isaura e aos Best Youth pelo interesse e pelo apoio na divulgação do trabalho do centro e ao Município pelo habitual apoio na dinamização deste tipo de acções.

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

O CERVAS participou no Festival da Água 2017 em Aldeias, Gouveia.


Nos dias 26 de Junho, 15 de Julho e 5 de Agosto de 2017 o CERVAS participou em actividades integradas no Festival da Água 2017, que decorreu em Aldeias, Gouveia e que foi organizado pela Liga Humanitária Social e Cultural de Aldeias e vários parceiros.




O primeiro dia foi dedicado às crianças, tendo sido dinamizada uma pequena saída de campo para iniciação à observação de Natureza junto à ribeira da aldeia.






No segundo dia foi realizada uma breve palestra sobre a importância da biodiversidade das ribeiras dirigida à população local.




No último dia o CERVAS colaborou na dinamização de uma caminhada no Vale do Rossim, abordando o tema da observação de aves.



O CERVAS felicita todas as pessoas e entidades envolvidas no Festival da Água, agradece o convite e está disponível para continuar a colaborar nas próximas edições.

O CERVAS no Jornal O Interior

Devolução à Natureza de 3 mochos-d´orelhas em Figueira de Castelo Rodrigo


No dia 4 de Agosto de 2017 foram devolvidos à Natureza três mochos-d´orelhas (Otus scops) em Figueira de Castelo Rodrigo.




Estas aves tinham sido encontradas no chão quando ainda eram jovens que tinham saído precocemente do ninho e foram encaminhadas para o CERVAS pelo SEPNA/GNR de Vilar Formoso após terem sido recolhidas por particulares e pela Associação Transumância e Natureza (ATN).





Os processos de recuperação consistiram em alimentação, treino de voo, caça e socialização em contacto com outros mochos-d´orelhas e a devolução decorreu ao final da tarde numa zona florestal próxima de áreas agrícolas na periferia de Figueira de Castelo Rodrigo.



Devolução à Natureza de 1 mocho-galego em Pala, Pinhel


No dia 4 de Agosto de 2017 foi devolvido à Natureza um mocho-galego (Athene noctua) em Pala, concelho de Pinhel.


Esta ave tinha sido encontrada no chão quando ainda era uma cria e foi encaminhada para o CERVAS pelas pessoas que a recolheram, através do SEPNA/GNR de Pinhel.


O processo de recuperação consistiu em alimentação, treino de voo, caça e socialização com outros mochos-galegos, de diferentes idades.


A devolução do mocho à Natureza decorreu numa zona agrícola na periferia da aldeia, num local próximo de onde tinha sido encontrado, na presença da população local.



quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Devolução à Natureza de 1 águia-calçada em Folgosinho, Gouveia.


No dia 2 de Agosto de 2017 foi devolvida à Natureza uma águia-calçada (Aquila pennata) em Folgosinho, Gouveia.



Esta acção foi desenvolvida em parceria com um grupo de Escuteiros de Lisboa que se encontravam a realizar actividades na Serra da Estrela.



Após uma breve sessão de esclarecimentos sobre as aves de rapina diurnas da região, foi devolvida à Natureza esta águia-calçada adulta que tinha sido encontrada por um particular dentro de um galinheiro, sem lesões, que de imediato a entregou ao SEPNA/GNR de Viseu, que por sua vez a encaminhou para o CERVAS.



O CERVAS agradece a todas as pessoas e entidades envolvidas na recolha e transporte da ave e também aos Escuteiros de Lisboa pelo interesse e aos de Gouveia pela ajuda na organização da acção de devolução à Natureza.




Devolução à Natureza de 2 morcegos-anões


Nos dias 24 de Julho e 2 de Agosto de 2017 foram devolvidos à Natureza dois morcegos-anões (Pippistrellus pipistrellus) adultos em Vinhó, Gouveia.



Ambos os morcegos foram entregues por particulares que os recolheram, um deles após colisão contra um veículo e o outro no chão durante o dia numa zona urbana. Ambos foram avaliados e não foram detectadas lesões, pelo que os processos de recuperação consistiram em alimentação com insectos.



As devoluções à Natureza de ambos decorreram ao início da noite numa zona rural onde a espécie é comum.